Roteiro Gastronómico

Gastronomia tradicional do concelho de Leiria
 
A gastronomia regional e tradicional ganha, a cada dia, mais importância como fator turístico, ou não tenha ele sido eleita Património Cultural de Portugal. 
A gastronomia tradicional do concelho de Leiria, tal como no resto do país, 
é marcada pela utilização dos produtos locais que, em subtis conjugações resultantes da criatividade popular, lhe conferem grande autenticidade e refinado sabor. 
No interior do concelho os pratos típicos desenvolvem-se a partir da horta e das suas verduras e hortaliças, bem acompanhadas pelas aves de criação e os animais do chiqueiro. 
Do fumeiro ganharam fama as morcelas de arroz dos Marrazes e os megritos e lentriscas assados na brasa. 
Mas, a chanfana da Chaínça, o leitão à moda da Boavista, a bacalhoada com migas de nabiça e broa, ou o bacalhau com chícharos à moda da Santa Catarina da Serra, complementam bem uns ossinhos ou uma fritada de peixinhos do Lis. 
Já na zona costeira, é o mar a fornecer a maior parte dos seus componentes mas, atendendo às suas limitações, as hortas e a criação caseira estão também presentes na confeção local. Surgem assim as magníficas sopas de marisco, os grelhados de peixe fresco e suculentas caldeiradas, mas o bacalhau continua sempre a marcar presença constante. 
Para terminar, remate com uma preciosidade da sua pastelaria: Brisas do Lis; Lampreia de Ovos; Ovos Folhados; Castanhas Queimadas; Canudos de Leiria; Doce de Amêndoa; Filhós de Abóbora ou uns Bolinhos de Pinhão.
Tudo bem regado por um precioso néctar do vale do Lis, com excelentes lotes de vinho nas Cortes, na Touria ou no Vidigal, integrados na Região Demarcada do Vinho das Encostas de Aire e por fim, exceda-se calmamente com um precioso licor de leite.
Não podemos deixar de destacar o "leitão à moda da Boa Vista", que até tem um festival próprio, onde os restaurantes da freguesia mostram e servem o leitão assado de forma artesanal, em forno a lenha, tal como se fazia há mais de 60 anos. Assado, aberto ou no espeto, o leitão resulta dourado e estaladiço, com um sabor único. Esta iguaria, tão típica e tradicional, aguarda o seu processo de certificação, de modo a continuar a preservar todos os seus aspectos artesanais, desde os métodos de assamento, ao tipo de leitão usado.